Dieta para cães com doença hepática canina

Labrador Retriever Com Melancia

Seguir uma dieta para doenças hepáticas em cães é uma importante ferramenta de tratamento para cães com função hepática comprometida. Uma mudança na dieta de um animal de estimação com doença hepática canina (CLD) ajuda a regenerar o fígado, ao mesmo tempo que mantém uma boaBoa nutrição, por isso é fundamental saber o que alimentar um cão com problemas de fígado.



Fatos sobre a doença hepática em cães

Doença hepáticaé comum em cães. É especialmente prevalente em certas raças, comoWest Highland Terrierse Doberman Pinschers. É uma das cinco principais causas de mortes caninas não acidentais.



Artigos relacionados
  • Cuidado Geriátrico Canino
  • Problemas de saúde do cão
  • Curiosidades sobre cachorros

Como sistema de limpeza do corpo, o fígado remove toxinas e resíduos. Também produz bile para o processo digestivo. Quando o fígado está comprometido, toxinas e resíduos podem se acumular no corpo. Isso pode afetar muitos dos outros sistemas corporais, como o cérebro e o coração.





O fígado é notável em sua capacidade de se regenerar. Com detecção e tratamento precoces, muitos pacientes CLD podem se recuperar completamente.

Desenvolvendo uma dieta de fígado para cães

Embora seja natural se perguntar qual é o melhor alimento para alimentar um cão com problemas de fígado, lembre-se de que todas as mudanças significativas na dieta devem ser cuidadosamente discutidas com seu veterinário. CLD não é uma condição que deve ser tratada sem orientação médica. Seu veterinário será capaz de estruturar um plano alimentar que ajudará seu animal a se recuperar.



como conhecer uma mulher transexual

Como parte de um plano de tratamento, uma dieta para cães com doença hepática inclui quatro objetivos básicos:

  • Fornece boa nutrição para manter a energia e a saúde
  • Promova a regeneração do fígado e reduza o estresse no órgão
  • Previna e minimiza complicações potenciais, como encefalopatia hepática, onde as toxinas afetam o cérebro
  • Impede e inibe os danos ao fígado causados ​​pelo acúmulo de substâncias como o cobre.

Dieta específica para cães com doença hepática

Uma vez que os cães que sofrem de doença hepática requerem uma mudança na dieta, existem etapas específicas a serem seguidas com o regime alimentar diário de um cão. Claro, você precisará discutir as necessidades específicas do seu cão com o seu veterinário. Geralmente, seu veterinário irá recomendar uma dieta elevada de enzimas hepáticas para cães baseada em refeições preparadas comercialmente ou caseiras, ou uma combinação.



Prescrição de dietas para doenças do fígado

Prescrição de alimentos para cães com doença hepática inclui Hill's® Prescription Diet l® / d® e Royal Canin Veterinary Diet Canine Hepatic . Ambos os alimentos para cães com baixa proteína para doenças do fígado vêm em fórmulas úmidas e secas. Essas dietas são consideradas uma das melhores opções para cães com doenças hepáticas. Se você decidir fazer uma dieta com receita, siga as instruções na embalagem para o peso do seu cão. Divida as refeições em cerca de quatro ou cinco porções menores alimentados ao longo do dia, em vez de um grande café da manhã e jantar. Isso alivia o estresse no corpo devido ao processamento de uma refeição maior.



Comida de cachorro caseira para doenças do fígado

Se você estiver fazendo sua própria comida, alimente pelo menos 50% das refeições como carne, mantendo carboidratos e grãos abaixo de 50% ou menos. Você pode calcular a quantidade de comida para seu cão multiplicando um grama de proteína pelo peso corporal do seu cão.

  • Dr. Jean Dodds recomenda uma dieta de limpeza do fígado, que consiste em uma mistura 50/50 de batata branca e batata doce com peixes brancos como bacalhau e linguado.
  • Misture 1/3 de peixe com a mistura de 2/3 de batata. À medida que o cão se aclimata com a dieta, você pode adicionar cenouras picadas e cozidas, abóbora amarela e feijão verde e ovos mexidos.
  • Ela também recomenda adicionar um multivitamínico diariamente.

Outra receita para cães com doença hepática

Nem todos os alimentos caseiros para cães para doenças do fígado incluem peixes. A receita apresentada neste vídeo inclui frango combinado com uma combinação de aveia, ovo cozido, queijo cottage e abóbora.

Dieta de desintoxicação de fígado de cachorro

Uma dieta de desintoxicação, ou purificação do fígado, é feita em casa com ingredientes frescos. VetInfo recomenda uma mistura de 25% de peixe branco e 75% de vegetais. Os vegetais em potencial a serem considerados incluem batata e batata doce, feijão verde, abóbora e abobrinha. O site também recomenda reduzir o uso de fenobarbital durante a fase de dieta desintoxicante, mas isso só deve ser feito em consulta com seu veterinário.

Alimentos adicionais para cães com doença hepática

Esteja você alimentando com alimentos prescritos ou uma dieta caseira, adicione tipos adicionais de comida à dieta do seu cão. As opções apropriadas incluem:

  • Produtos lácteos, como queijo cottage, iogurte, queijo de cabra e queijo ricota
  • Proteínas de alta qualidadecomo frango e peru sem ossos, peixes e ovos
  • Aveia, arroz branco, cevada e abóbora em lata (para fibra solúvel)
  • Óleo de peixe(para os ácidos graxos ômega-3)
  • Óleo de côco
  • Frutas como mirtilos, figos, melancia sem sementes e mamão

Controle de Proteína

Seu veterinário provavelmente recomendará uma mudança no consumo de proteína de seu cão. A doença hepática geralmente significa quemenos proteínaestá sendo processado, então a ingestão de proteína do seu cão precisará ser monitorada. A recomendação geral é garantir que a proteína consumida seja de alta qualidade, mas manter a quantidade em um nível moderado. Algumas das proteínas podem vir de fontes que não sejam de carne, como o queijo cottage. Fontes de proteína de alta qualidade contêm aminoácidos suficientes para seu cão e são facilmente digeridas. Outras recomendações podem incluir a oferta de proteínas vegetais, como soja, em vez de proteínas à base de carne. Em certas complicações CLD, como encefalopatia hepática, a quantidade de proteína pode ser reduzida. Menos proteína controlará os sintomas dessa condição.

Considerações sobre cobre

Algumas proteínas animais contêm altos níveis de cobre e devem ser evitadas em dietas para cães com doenças hepáticas. A carne dos órgãos, especialmente o fígado, deve ser evitada. Outras carnes com alto teor de cobre incluem:

quando é a melhor época para plantar morangos
  • Pato
  • Cordeiro
  • Salmão
  • Carne de porco

As fontes de proteína que são relativamente moderadas a baixas em cobre são:

  • Peru
  • Frango
  • Whitefish
  • Carne
  • Ovos
  • Queijo

Gordo

Com CLD, os cães são capazes de tolerar níveis mais elevados de gordura na dieta. Seu veterinário pode recomendar uma dieta com até 50 por cento de teor de gordura.

como remover resíduos de fita

Carboidratos

Os carboidratos são importantes para auxiliar a digestão, adicionar fibras e remover a amônia do sistema. Aveia cozida, arroz branco e macarrão são tipos de carboidratos que podem ser incluídos.

Aditivos e Suplementos

Os cães com CLD, especialmente nos estágios avançados, devem ter uma dieta com baixo teor de sal. A redução do sal evita o acúmulo de líquido no abdômen, chamado ascite, que ocorre em cães com função hepática baixa. Existem bons suplementos que podem ajudar seu cão com CLD. Alguns desses suplementos são:

  • Complexo de vitamina B
  • Vitamina E
  • Zinco, que ajuda a ligar o cobre e tem antioxidantes que protegem o fígado
  • Vitamina C, para ação antioxidante
  • Vitamina K, para a coagulação do sangue
  • Adenosilmetionina (SAMe), que pode reduzir a lesão hepática e também tem propriedades antioxidantes

Dietas Comerciais

O seu veterinário pode prescrever uma ração comercial especial para cães, como as feitas pela Hill's ou Purina. Estes alimentos prescritos são especialmente concebidos para cães com doença hepática.

Rotina de alimentação

Alguns cães com CLD se beneficiam de uma mudança na rotina de alimentação. Em vez de uma ou duas refeições regulares por dia, várias pequenas refeições ao longo do dia podem promover uma boa digestão.

Fazendo seu cachorro comer

Às vezes, os cães com doença hepática parecemperder o apetite. Isso pode ser devido ao desconforto da doença, mas também porque o alimento com baixo teor de proteína pode ser menos palatável para eles. Se você precisar de ajuda para conseguir comer um cachorro com doença hepática, experimente um dosdietas caseiraspode fazer a diferença, pois pode ser mais atraente do que ração seca. Se o seu veterinário concordar, você pode tentar misturar alguns dos alimentos úmidos da dieta prescrita com a ração. Você também pode conversar com seu veterinário sobre a adição de alguns itens frescos à comida de seus cães para aumentar o interesse deles, como caldo de vegetais com baixo teor de sódio ou vegetais e peixes frescos.

Procure aconselhamento veterinário

Se seu cão tem enzimas hepáticas elevadas, converse com seu veterinário sobre o que isso pode significar em termos de saúde e dieta alimentar. Se seu cão tem doença hepática, você deve trabalhar com seu veterinário para desenvolver uma dieta apropriada para doença hepática canina para seu animal. Uma boa dieta pode ajudar seu cão a se sentir melhor e a se recuperar mais rapidamente.