Dicas essenciais para cuidar de gatos geriátricos

Os Melhores Nomes Para Crianças

Gato descansando

Fornecer cuidados geriátricos para gatos envolve incorporar modificações específicas nas atividades e estilo de vida do seu gato. As decisões tomadas precocemente podem afetar muito o padrão de envelhecimento e a longevidade do seu gato. Há pouco que o dono de um gato possa fazer para evitar a morte de um animal de estimação querido, mas há uma infinidade de escolhas que você pode fazer para mitigar o potencial de doenças e lesões do seu gato e, assim, agilizar futuros cuidados com gatos geriátricos.





Elementos do cuidado do gato geriátrico

Como no caso dos humanos, o corpo de um gato fica mais lento à medida que envelhece. Mais pressão é exercida sobre seus órgãos vitais, incluindo coração, fígado e rins. O tempo de resposta do seu gato diminuirá e ele poderá precisar descansar com mais frequência. Quando um gato chega ao idoso estágio, sua visão, articulações, dentes, audição e fisiologia geral estarão ameaçados. O tempo e a genética quase sempre assumirão o controle. No entanto, existem pesquisas que indicam que a qualidade da dieta do seu gato e os detalhes do seu estilo de vida afetarão a velocidade e a gravidade da deterioração.

Artigos relacionados

Em última análise, o que a maioria dos donos de animais de estimação desejaria para seus gatos idosos é um período de convalescença pacífico seguido por uma morte tranquila e indolor. Uma alimentação de qualidade e um estilo de vida com pouco estresse são os precursores do envelhecimento saudável. Isso é verdade tanto para humanos quanto para animais de estimação. Portanto, se você deseja deixar seu gato o mais confortável possível durante a velhice, planejando seu futuro com antecedência, considere cuidadosamente as sugestões a seguir.



O grande ar livre

O exercício é importante para os animais. Muitos donos de animais de estimação optam por permitir que seus gato ao ar livre com o propósito de melhorar a aptidão e o senso de aventura do animal. Em um ambiente campestre amplo, permitir que seu gato saia é apenas levemente ameaçador. No entanto, num ambiente urbano denso e áspero, a documentação veterinária vota contra tais decisões. O ar livre apresenta uma variedade de perigos para o seu animal. Em primeiro lugar, a exposição a outros felinos apresenta um problema. Existem muitas doenças transmissíveis que são facilmente transmitidas de gato para gato. Doenças como raiva, leucemia felina, peritonite infecciosa felina e o cruel vírus da imunodeficiência felina (FIV), que pode levar à AIDS felina, estão entre os perigos virais da vida ao ar livre. Muitas destas doenças, como a raiva e a leucemia felina, requerem vacinas anuais. Estas vacinas não são isentas de riscos. Ano após ano, essas vacinações podem produzir cânceres de sarcoma que podem complicar ainda mais o envelhecimento do seu gato ou simplesmente ter um efeito letal.

Pulgas, ácaros, brigas de gatos e carros representam mais perigo para o seu felino doméstico. Não é de admirar que os gatos que vivem dentro de casa tenham vidas consideravelmente mais saudáveis ​​e mais longas do que os seus homólogos que vivem ao ar livre. Uma das decisões mais importantes que você pode tomar para a saúde e longevidade do seu gato é mantê-lo dentro de casa. Esta também é uma decisão vital para um gato geriátrico. Se você deseja aumentar as chances de seu gato atingir uma idade avançada com uma saúde razoavelmente boa, mantenha-o em segurança dentro de casa.



A dieta do seu gato

Muitas fórmulas de ração para gatos idosos são enriquecidas com nutrientes e também podem apresentar um menor teor de proteínas. À medida que o seu gato envelhece, as funções renais e hepáticas ficam mais lentas e ficam comprometidas. Isso significa que os mecanismos de desintoxicação do seu gato estão agora estressados ​​e a digestão das proteínas fica prejudicada.

Alimentar o seu gato com uma dieta de alta qualidade é essencial para a sua saúde. Você pode querer investigar sua marca de ração para gatos quanto ao uso de subprodutos animais e carne de baixa qualidade. Mudar para uma marca orgânica e de qualidade superior terá um impacto positivo na digestão e na saúde do seu gato.

Certos criadores de gatos defendem uma dieta de alimentos crus para gatos que consiste em carnes e aves cruas de alta qualidade. Esta dieta pode não funcionar para todos os gatos, mas não é uma má ideia que os donos de animais de estimação investiguem as filosofias dietéticas disponíveis e o sucesso da sua aplicação.



O enigma genético

Em última análise, os genes do seu gato desempenham um grande papel no processo de envelhecimento. Infelizmente, a menos que você tenha comprado seu gato de um criador que manteve um registro cuidadoso da saúde de seus ancestrais, é improvável que você saiba exatamente o que está acontecendo no nível celular. Medidas preventivas contra o envelhecimento são importantes para a condição geral do seu gato, e alguns donos de animais de estimação fortalecem a dieta de seus gatos com vitaminas e antioxidantes. No entanto, é importante lembrar que, no caso da genética, às vezes as medidas preventivas não podem fazer muito.

Cuidando de um gato sênior

Embora não seja possível prevenir completamente o eventual declínio de um gato na velhice, tomar cuidado extra ao longo da vida para garantir que ele tenha a melhor nutrição e condições de vida pode ajudar muito a tornar esses anos dourados verdadeiramente dourados. Aqui estão mais algumas dicas sobre cuidados com gatos geriátricos.

  • Certifique-se de que seu gato sênior tenha um local de descanso acolchoado, longe de correntes de ar, para ajudar a evitar doenças respiratórias e dores nas articulações.
  • Alimente seu gato com comida úmida para ajudar a garantir que ele ingira água suficiente para se manter adequadamente hidratado, pois isso pode ajudar a prevenir problemas renais.
  • Tome cuidado para garantir que seu gato idoso não seja submetido a alojamentos violentos de outros animais de estimação ou crianças pequenas.
  • Agende um exame veterinário para obter uma base sobre a saúde do seu animal de estimação quando ele atingir o status de sênior. Isso permite que você saiba a saúde atual do seu gato, e os exames subsequentes podem identificar quando o declínio começa e levar a um tratamento mais rápido.

Seu gato lhe dará uma vida inteira de carinho e diversão, por isso vale a pena o esforço extra para fornecer ao seu animal de estimação tudo o que ele precisa para viver uma vida tão longa e saudável quanto possível.

Tópicos relacionados 9 problemas de pele de gato que você não deve ignorar (com fotos) 9 problemas de pele de gato que você não deve ignorar (com fotos) 13 fotos perfeitas de gatos do Himalaia em chamas, azuis e com ponta de foca 13 fotos perfeitas de gatos do Himalaia em chamas, azuis e com ponta de foca

Calculadora Caloria